Era mais fácil ser magro nos anos 1980 do que hoje, diz ciência

O fato da população ser mais gorda hoje do que antigamente não indica de forma alguma que sejamos preguiçosos.

06/06/2017 às 09h55
12
(Foto: SolisImages/Thinkstock)

Um estudo recentemente publicado no “Obesity Research & Clinical Practice” tem notícias possivelmente desanimadoras para quem está querendo emagrecer – mas verdadeiramente incríveis para quem precisa responder aquele tio chato no fim de semana: é muito mais difícil ser magro hoje do que era nos anos 1980.

Os autores desta pesquisa analisaram os dados sobre dieta de 36.400 norte-americanos entre os anos de 1971 e 2008 e sobre a rotina de exercícios físicos de 14.419 entre 1988 e 2006.

Com isso, eles descobriram que, mesmo que tivessem a mesma idade, uma pessoa comendo a mesma quantidade de calorias e macronutrientes (como gordura e proteína) e fazendo a mesma quantidade de exercícios em 2006 era cerca de 10% mais pesada do que uma pessoa em 1988.

Professora na York University, no Canadá, Jennifer Kuk explica que uma pessoa de 25 anos hoje deve cuidar muito mais da dieta e da atividade física se deseja resultados como o que pessoas mais velhas costumavam ter na mesma idade. Segundo ela, há mudanças bastante específicas no que comemos que estão provavelmente influenciando essa mudança.

Suas teorias indicam três principais “culpados” nessa história: o fato de nossos alimentos terem cada vez mais componentes químicos (o que pode fazer com que nossos hormônios fiquem cada vez mais desregulados), o de consumirmos cada vez mais antidepressivos (sendo que muitos deles estão relacionados ao ganho de peso) e, por fim, o de nossas bactérias intestinais terem provavelmente mudado muito da década de 1980 para cá.

“Há muito preconceito contra pessoas com obesidade”, diz Jennifer. “Elas são julgadas como preguiçosas – mas não é bem assim”.

(com MdeMulher)



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.