Wellington Dias e outros governadores são impedidos de visitar Lula na cadeia

O ex-presidente está preso na sede da Polícia Federal em Curitiba.

Por: Da Redação
Publicado em 11/04/2018 às 08h37
522
(Foto: Reprodução/Facebook)

O governador do Piauí, Wellington Dias, e outros oitos governadores foram impedidos de visitar o ex-presidente Lula neste terça-feira (10) na sede da Polícia Federal em Curitiba.

Eles foram impedidos de visitar Lula por um despacho de indeferimento da Justiça Federal do Paraná, sob a justificativa de “Nenhum outro privilégio foi concedido, inclusive sem privilégios quanto a visitações, aplicando-se o regime geral de visitas da carceragem da Polícia Federal” e, ainda, sendo considerado no documento que “não há fundamento para a flexibilização do regime geral de visitas próprio à carceragem da Polícia Federal. Desse modo, deverá ser observado o regramento geral”.

(Foto: Divulgação/Facebook)
GOVERNADORES ASSINAM CARTA

Antes de deixar Curitiba, os governadores assinaram um carta em apoio ao ex-presidente Lula. Assinam a carta os governadores Camilo Santana (PT-Ceará), Renan Filho (MDB-Alagoas), Rui Costa (PT-Bahia), Flávio Dino (PCdoB-Maranhão), Ricardo Coutinho (PSB-Paraíba), Wellington Dias (PT-Piauí), Robinson Faria (PSD-Rio Grande do Norte) e Jackson Barreto (MDB-Sergipe), além de Tião Viana (PT-Acre) e Waldez Góes (PDT-Amapá). Outros políticos, como o senador Lindbergh Farias (PT-RJ), também assinam a mensagem.

WELLINGTON DIAS GRAVA VÍDEO


Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.