Justiça determina que prefeitura de Esperantina apresente de plano de reparos no teatro “Diniz Chaves”

Por: Kléber Oliveira
Publicado em 15/01/2020 às 16h15
1844
Teatro Diniz Chaves (Foto: Kléber Oliveira/RevistaAZ)

A prefeitura de Esperantina tem 45 dias para apresentar um projeto de reparo e manutenção para o teatro municipal “Diniz Chaves”, localizado na região central da cidade. Além disso, a administração municipal deve isolar de forma imediata a passagem de pessoas no lado oeste da fachada do prédio, isso porque há o risco de queda do revestimento que fica desse lado do teatro.

A determinação judicial acata os pedidos feitos pelo Ministério Público do Piauí em ação movida contra a prefeitura de Esperantina por conta da situação precária do teatro. Em caso de descumprimento dos itens acima, fixo multa diária de R$1.000,00, até o limite de 90 dias. A decisão saiu na manhã desta quarta-feira (14).

Na ação civil pública, o promotor de Justiça Raimundo Júnior explica que “atualmente o imóvel encontra-se em ruínas, oferecendo risco à população esperantinense, vez que seu teto e estruturas ameaçam desabar. Ademais, o teatro tem funcionado como verdadeiro combustível às práticas criminosas, quais sejam: dano ao patrimônio público (dano propriamente dito e conspurcação), tráfico e uso de drogas, acúmulo de resíduos sólidos (entulho), ocupação por moradores de rua e infestação de pombos”, diz o representante do Ministério Público do Piauí.

A decisão liminar, que cabe recursos, foi proferida pelo juiz Markus Calado Schultz, titular da Vara Única de Esperantina.

Vale ressaltar que o Advogado Zé Angelo já havia protocolado uma representação no Ministério Público, para que seja tomado as devidas providências sobre a situação do Teatro Municipal Diniz Chaves que se encontra atualmente desativado. Na época, o advogado também enviou um ofício ao Senador Elmano Férrer, cobrando a existência uma emenda parlamentar para a reforma do prédio. Ao verificar o problema através da representação do advogado Zé Angelo, o Ministério Público expediu ofício requisitando limpeza do Teatro, bem como para o gabinete do Senador Elmano Férrer.

Veja as fotos atuais do teatro:


Com informações da Ascom/MPPI



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.