Eletrobras Piauí será vendida pelo Governo Federal por R$ 50 mil

Cepisa e mais cinco distribuidoras serão vendidas; segundo o Governo Federal, o valor de R$ 50 mil cobrado por cada distribuidora é simbólico, tendo em vista que, juntas, elas acumulam dívidas de R$ 20,8 bilhões.

(Foto: Divulgação)

O Governo Federal vai vender seis distribuidoras de energia da Eletrobras (Centrais Elétricas Brasileiras S.A.), incluindo a Eletrobras Distribuição Piauí, antiga Cepisa (Companhia Energética do Piauí), por R$ 50 mil cada. O preço foi determinado após o Conselho do Programa de Parcerias de Investimentos (CPPI) da Presidência da República aprovar na última quarta-feira (8) uma resolução que aprova a transferência do controle acionário detido pela Eletrobras.

A Resolução nº 20 foi publicada na edição desta quinta-feira (09/11) do Diário Oficial da União, e prevê a venda de cada uma das distribuidoras por um valor simbólico de R$ 50 milhões.

Além da Eletrobras Piauí, também serão privatizadas a Companhia Boa Vista Energia S.A., a Amazonas Distribuidora de Energia S.A., a Companhia Energética de Alagoas (Ceal), a Centrais Elétricas de Rondônia S.A. (Ceron), a Companhia de Eletricidade do Acre S.A. (Eletroacre).

Segundo o Governo Federal, o valor de R$ 50 mil cobrado por cada distribuidora é simbólico, tendo em vista que, juntas, elas acumulam dívidas de R$ 20,8 bilhões.

Considerando o novo contrato de concessão de 30 anos, as seis distribuidoras foram avaliadas pelo valor global de R$ 10,2 bilhões. As companhias do Piauí e de Alagoas estariam entre as mais cobiçadas pelos investidores, segundo o BNDES.

Quem comprar a Cepisa ou uma das outras distribuidoras terá de fazer aporte financeiro de R$ 2,4 bilhões no capital social delas, cerca de 30% do total de investimentos previstos nos cinco primeiros anos de operação.



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.