Wellington Dias decreta lockdown parcial de sexta a domingo

Por: Kléber Oliveira
Publicado em 25/06/2020 às 15h50
1135
(Foto: Divulgação/CCOM)

O governador Wellington Dias anunciou, nesta quinta-feira (25), a adoção de medidas mais rígidas nos próximos dias a fim de conter o avanço do novo coronavírus no estado. Ficou decidido que o funcionamento de serviços essenciais será mais restrito nesta sexta (26), sábado (27) e domingo (28), e, também, de quinta (2) a domingo (5) da próxima semana.

De acordo com o chefe do executivo estadual, as novas medidas irão possibilitar seguir com o cronograma de reabertura das atividades econômicas, a partir do dia 6 de julho. “As medidas foram estabelecidas em entendimento com o prefeito Firmino Filho e o presidente da APPM, Jonas Moura. Para que possamos flexibilizar a outros setores, a partir de 6 de julho, será preciso algumas medidas rígidas para as próximas duas semanas com o intuito de buscar frear a disseminação do coronavírus. Precisamos também colocar as oito regiões de Saúde do estado numa situação semelhante, com baixa na transmissibilidade e condições de atendimento adequadas. Isso vai nos permitir dar prosseguimento à retomada com a estabilização da ocupação de leitos de UTI que precisa ser mantida”, atentou o governador.

Nesta sexta-feira (26) e nas próximas quinta-feira e sexta-feira, 2 e 3 de julho, será decretado ponto facultativo nos órgãos públicos estaduais e foi feita a mesma recomendação para os municípios, além de maior restrição às atividades essenciais no final de semana. O governo irá disponibilizar 3.200 pessoas para fiscalizar o cumprimento do isolamento.

O governador pretende ainda adotar a política de aplicação de multa para quem não utiliza máscaras em espaços públicos. “As equipes que vão a campo verificaram que muitas pessoas não estão usando máscara, mas esse equipamento de proteção individual protege tanto quem usa quanto as outras pessoas. Portanto, teremos que chegar a esse ponto de aplicar advertência seguida de multa para aqueles que desobedecerem ao decreto”, pontuou Dias.

Está prevista para o dia 6 de julho, a primeira etapa de retomada de atividades. A cada 15 dias, fica autorizada novas etapas, após análise do nível de risco. “Já estamos com mais de 90 dias (em quarentena) e sei da dificuldade e do esforço de todos. Entramos juntos e vamos prosseguir juntos, com a participação e compreensão de todos. Peço que todos possamos colaborar e sair de casa só em situação de extrema necessidade. Cada um cuidando do outro. Já estamos bem próximos para a plena implantação do Pro Piauí”, finalizou o governador.



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.