Votos válidos: W.Dias com 54,8% e os demais somam candidatos 45,2%

Por: Kléber Oliveira
Publicado em 22/09/2014 às 10h59
1

A mais recente pesquisa do Instituto Credibilidade evidencia que o candidato Wellington Dias (PT) precisa perder no mínimo 5% pontos percentuais referentes aos votos válidos para que haja segundo turno nas eleições para o governo do estado do Piauí.

Pela pesquisa do Credibilidade, Wellington Dias aparece com 47,57% e Zé Filho (PMDB) 34,18% das intenções de votos. Mão Santa (PSC) vem em terceiro com 4,59%. Os demais candidatos que pontuaram são Maklandel Aquino (PSOL) com 0,28% e Daniel Solon com 0,09%. Não sabe ou não opinou, 9,74% e nenhum, nulo ou branco totalizam 3,56%.

Excluindo-se indecisos, 9,74%, e aqueles que não votam em nenhum dos candidatos ou votam branco e nulo, 3,56%, o candidato petista aparece com 54,88% dos votos válidos, enquanto os demais candidatos juntos somam 45,12%. Isso a 17 dias da votação, 5 de outubro, já que a pesquisa foi realizada entre os dias 17 e 20 de setembro.

No entanto, a porcentagem de 9,74% de indecisos, que não sabem ainda em quem votar, pode alterar essa margem percentual de votos válidos até a reta final. Sem falar que a declaração de votos em ambos os candidatos, em alguns casos, não é consolidada, pode haver mudanças de última hora, tanto para um lado como para outro.

A pesquisa ouviu 1.068 entrevistados em todo o Piauí. O nível de confiança é de 95% e a margem de erro é de 3% para mais ou para menos. A pesquisa do Instituto Credibilidade está registrada no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número PI-00153/2014.

*Com informações do 180graus


Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.