Vilma Amorim entra com recurso no STJ para não pagar diferença salarial dos Agentes de Saúde

Gestora alega que o município não tem previsão orçamentária para efetuar o pagamento das diferenças salariais dos profissionais.

23/05/2019 às 10h02
1864

A Prefeitura Municipal de Esperantina, administrada pela petista Vilma Carvalho Amorim, entrou com recurso especial junto ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), para tentar anular a decisão que condenou o município a pagar as diferenças salariais do piso dos Agentes Comunitários de Saúde e de Endemias.

O recurso especial foi protocolado nesta última quarta-feira (22) pelo assessor jurídico da prefeitura de Esperantina.

A gestora alega que o município não tem previsão orçamentária para efetuar o pagamento das diferenças salariais dos profissionais.

Vale ressaltar que o município foi condenado ao pagamento das diferenças salariais dos Agentes Comunitários de Saúde e de Endemias referente ao período de junho a dezembro de 2014.

Recentemente o Tribunal de Justiça do Estado Piauí julgou pela manutenção da sentença de primeira instância que condenou a prefeitura a efetuar o pagamento das diferenças salariais dos agentes.

Esse é o último recurso que o município tem para tentar reformular a decisão que condenou o município.



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.