Vaqueiro é atropelado por veículo da Cepisa Equatorial na BR 222 em Batalha

Acidente aconteceu na manhã desta quinta-feira (8) na altura do povoado Bela Vista, zona rural de Batalha.

08/08/2019 às 11h16
4112

Um vaqueiro identificado como Antônio Juvenildo Codta dos Santos, ficou ferido após ser atropelado na manhã desta quinta-feira (08/08), na BR 222, na altura do povoado Bela Vista, zona rural do município de Batalha.

Uma testemunha que passava pelo local no momento do acidente disse ao RevistaAZ.com.br que o vaqueiro e seu cavalo foram colhidos pelo veículo da Cepisa Equatorial nas proximidades do Motel 2 Corações.

O vaqueiro me disse que ele estava treinando o cavalo quando foram pegos de surpresa pelo carro da Cepisa. Ajudei a socorrer e ele foi levado para o hospital no próprio carro da Cepisa. É bem possível que o cavalo não sobreviva, porque ele ficou bastante ferido“, disse.

De acordo com a direção do Hospital Estadual Dr. Júlio Hartman, o paciente foi atendido, realizado sutura, medicado e liberado após administração de medicamentos e orientações.

Em nota, a Cepisa Equatorial informou que prestou atendimento à vítima e esclareceu que o cavalo se assustou e dirigiu-se para a estrada e colidiu com o carro da empresa parceira, causando o acidente. Confira a nota abaixo:

Nota de Esclarecimento

A Equatorial Piauí, diante do fato ocorrido na manhã desta quinta-feira (08/08), no trecho entre Batalha e Esperantina, esclarece que o vaqueiro envolvido no acidente foi prontamente atendido pelo colaborador de empresa parceira, prestando primeiros socorros e acompanhando-o até o hospital. Informa-se ainda que o cavalo, no momento do incidente, estava sendo treinado pelo vaqueiro na estrada e que o animal ao assustar-se, dirigiu-se para a estrada e colidiu com o carro da empresa parceira. O vaqueiro envolvido no acidente já teve alta do hospital e a empresa já registrou boletim de ocorrência para registro do fato.



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.