Tatuador é preso suspeito de atirar contra companheira em Esperantina

Crime ocorreu durante desentendimento do casal. Homem disse à polícia que o disparo foi acidental.

23/12/2018 às 08h40
5732
Registro do momento em que o suspeito é conduzido para delegacia – 22.12.2018 – (Foto: Kléber Oliveira/RevistaAZ)

O tatuador Franklin Queiroz Cardoso, de 27 anos, foi preso pela Polícia Militar na noite deste sábado (22/12), suspeito de atirar contra a companheira Agda Maria dos Santos Costa, de 19 anos, em Esperantina. O crime aconteceu na residencia do casal localizado na Avenida São José, no bairro Batista de Amorim.

De acordo com o termo de ocorrência que o RevistaAZ.com.br teve acesso e que foi registrado na 13ª Delegacia Regional de Polícia Civil, Franklin disse que o disparo foi acidental e ocorreu durante um desentendimento do casal. A companheira do suspeito teria confirmado que o tiro foi por acidente.

Vítima do disparo é encaminhada para o hospital de Parnaíba – 22.12.2018 – (Foto: Kléber Oliveira/RevistaAZ)

A vítima foi atingida com um tiro de revólver calibre 32 na região do rosto. Ela foi socorrida pelo Samu e encaminhada para o setor de urgências do Hospital Estadual Dr. Júlio Hartman e em seguida, levada para o Hospital Dirceu Arcoverde, em Parnaíba. Segundo familiares, ela está fora de risco.

O suspeito foi preso em flagrante e encontra-se detido na delegacia. A arma utilizada no crime foi apreendida e está à disposição da justiça.



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.