Provab vai levar 131 médicos a 51 municípios do Piauí

Por: Kléber Oliveira
Publicado em 24/03/2013 às 20h55
0

Provab vai levar 131 médicos a 51 municípios do PiauíCerca de 51 municípios do Piauí estão sendo beneficiados com a atuação de 131 médicos nos serviços de Atenção Básica do Piauí, por meio da segunda edição do Programa de Valorização do Profissional da Atenção Básica (Provab). Os médicos já estão atuando nos municípios desde o dia 1º de março.

“Não tem programa similar na história da saúde publica brasileira que tenha levado mais de 4 mil médicos pra trabalhar durante um ano nas áreas mais pobres, vulneráveis, tanto das grandes cidades, quanto do interior do nosso País. O Provab é mais uma das iniciativas em parceria com o Ministério da Educação destinada a enfrentar uma problemática, que é possivelmente o desafio mais crítico do SUS – ter mais médicos, bem formados e próximos da população que mais precisa”, define o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

A iniciativa além de contribuir com a melhoria do atendimento da Saúde para a população promove a qualificação médica por meio de atendimento em unidades básicas na periferia de grandes cidades, municípios do interior, com populações carentes e de regiões remotas.

O Provab 2013 prevê ainda especialização em Saúde da Família para os médicos, com bolsa federal no valor de R$ 8 mil mensais, custeada integralmente pelo Ministério da Saúde.

Em todo o País, o Provab promoverá a atuação de 4.392 médicos nos serviços de Atenção Básica de 1.407 municípios. O número de médicos pode, no entanto, aumentar uma vez que os profissionais inscritos no Provab, mas que ainda não conseguiram ser alocados no município pleiteado estão sendo remanejados pelo Ministério da Saúde.

A região Nordeste foi a que contou com o maior número de municípios participantes (49%) – 696 secretarias municipais de saúde receberão médicos do programa. Nesta região, foram alocados 2.494 médicos. Já a região Sudeste teve a segunda maior participação dos municípios, 357 (25%), para os quais serão enviados 1.018 profissionais. O Norte contará com 241 médicos do programa em 84 municípios. O Sul receberá 370 profissionais para atuar em 169 cidades e o Centro-Oeste, 269 em 101 municípios.

*Com informações da Ascom/MS


Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.