Polícia de Esperantina prende suspeito de participação da morte de “Catita”

Embora a motivação do crime de que seria por uma determinada quantia em dinheiro, segundo informa populares, a polícia continua investigando o crime.

06/02/2019 às 13h05
3094
À esquerda: Catita – À direita o suspeito Fábio (Foto: Divulgação/Polícia Civil/Polícia Militar)

A Polícia Civil de Esperantina com apoio da Polícia Militar, deu cumprimento de mandado de prisão preventiva na manhã desta quarta-feira (6) em desfavor de um homem identificado como “Fábio”, suspeito de participar do assassinato de José Carlos da Silva, de 52 anos, conhecido popularmente como “Catita”. A prisão ocorreu no bairro Pedreira.

Catita foi brutalmente espancado com um objeto similar a um pedaço de madeira no bairro Pedreira e veio a falecer no dia 02 de janeiro de 2019. Ele chegou a ser socorrido por moradores e transferido para o Hospital Estadual Dirceu Arcoverde em Parnaíba, onde acabou vindo a óbito.

De acordo com a polícia, o suspeito “Fábio” foi transferido para a penitenciária do município de Campo Maior.

Embora a motivação do crime de que seria por uma determinada quantia em dinheiro, segundo informa populares, a polícia continua investigando o crime.



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.