Operação da Polinter prende suspeito de integrar organização criminosa em Esperantina

Por: Kléber Oliveira
Publicado em 04/12/2019 às 11h57
2613
13º Delegacia Regional de Polícia Civil de Esperantina-PI

Durante a Operação Apocalipse, deflagrada nesta quarta-feira (4) pela Polícia Civil do Estado do Piauí, por meio da Delegacia de Polícia Interestadual – POLINTER, prendeu na cidade de Esperantina um homem identificado como Joacir Sampaio Cordeiro Júnior por suposta participação na organização criminosa.

Em entrevista ao RevistaAZ.com.br, o delegado Leonardo Alexandre informou que objetivo da operação foi de cumprir diversos mandados de prisão preventiva, temporária e busca e apreensão visando o combate a duas organizações criminosas voltadas para o roubo, furto, receptação e adulteração de veículos na capital piauiense e no interior do estado.

Delegado Leonardo Alexandre

De acordo com o delegado, iniciou-se uma investigação, em meados de 2018, voltada para desarticular grupos criminosos organizados voltados para a prática habitual de crimes envolvendo veículos, visto que o aumento do número de roubos e furtos de motos e carros vinha aumentando na Capital. “A partir das investigações, percebeu-se dois grupos de criminosos com inúmeros integrantes, que em dado momento se comunicaram, voltados, organizadamente, para furto, roubo, receptação e adulteração de veículos” disse.

Conforme a polícia, o nome APOCALIPSE refere-se ao “fim dos tempos”, expressando a determinação da POLINTER de dar fim a criminalidade organizada que contribui, e muito, para a ocorrência de crimes de furto e roubo de motocicletas, desarticulando um esquema articulado de receptação, adulteração e venda de veículos.

Ao todo, participam da operação mais de 100 policiais da Polinter, de diversos distritos de Teresina, além de equipes da Delegacia de Prevenção e Repressão a Entorpecentes (Depre), Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP), bem como as delegacias de Esperantina, Água Branca, Pedreiras, no Maranhão, e Secretaria de Justiça do Piauí (Sejus).



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.