No Piauí, Anatel inspeciona empresas de celular e apura “apagão” na rede

Por: Kléber Oliveira
Publicado em 01/04/2011 às 13h28
39

Agência de Telecomunicações investiga motivos que fazem o serviço não ser prestado de forma correta aos clientes.

A Anatel – Agência Nacional de Telecomunicações – confirmou nesta quinta-feira (31) que já iniciou as inspeções nas quatro operadoras de telefonia celular que atuam no Piauí, Claro, Oi, Tim e Vivo. O pedido foi feito pela Ordem dos Advogados do Brasil – OAB/PI.

O gerente da Anatel no Estado, Carlos Bezerra Braga, informou que o número de reclamações contra as operadoras tem aumentado. As principais queixas são cobranças indevidas, atendimento deficiente e “apagão” na rede, com telefones fora de serviço.
De acordo com o gerente, fiscais estão em campo verificando os problemas, como a qualidade dos serviços e cobertura de sinal. Se preciso, técnicos de outros estados serão acionados para ajudar na inspeção, que vai até julho. O relatório será encaminhado para a Anatel em Brasília/DF, caso sejam necessários procedimentos administrativos.
As operadoras que apresentarem irregularidades podem sofrer punições que vão da advertência, multa e até suspensão do serviço.

Além do Procon, o cidadão pode telefonar para a Anatel e fazer reclamações através do número 133.

Números

A Anatel divulgou recentemente dados de fevereiro de 2011 sobre a telefonia móvel no Brasil. O Piauí já soma 2,7 milhões de acessos (chips). A estimativa é de que a cada 100 habitantes, 83 tenham celular. O crescimento de 4,48% é  um dos maiores do país.

Participação no mercado do Piauí até fevereiro

1º – Claro         988.248 (36,53%)

2º – Tim  921.839 (34,07%)

3º – Oi 519.196 (19,19%)

4º – Vivo 276.289  (10,21%)

Da redação, com informações do Cidade Verde



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.