Morre jovem atingido por pedrada na cabeça na cidade de São João do Arraial

09/11/2011 às 08h13
253

Teria se envolvido em uma briga de gangues e foi cruelmente assassinado covardemente por pelo menos dezesseis (16) jovens que seriam seus inimigos

Joaquim Lima de Sousa morto a pedradas em São João do Arraial. (foto; cedida pela família)

(São João do Arraial – PI) Morreu no final da tarde desta segunda feira, (07/11), o j0vem Joaquim Lima de Sousa (foto) de apenas 18 anos, vulgo Diego, vítima de traumatismo craniano após receber uma pedrada na cabeça por pelo menos dezesseis pessoas. O crime aconteceu em uma quadra de esportes na cidade de São João do Arraial e teria sido envolvimento com gangues. A reportagem da RevistaAz acompanhou todo o caso.

Segundo testemunhas, Diego estava com outro amigo na quadra de esportes, quando foi surpreendido por vários jovens, entre eles menores de idade. Diego recebeu uma forte pedrada na cabeça vindo a cair no chão, em seguida, vários meliantes o alvejaram de pedras. O jovem foi levado às pressas para o hospital em Esperantina, mas não resistiu aos ferimentos, vindo a óbito minutos depois.

Um dos amigos do jovem relatou à reportagem da RevistaAz que Diego já sabia que ia ser morto e o mesmo estava adivinhando pois, há alguns dias atrás, o Diego estava falando palavras estranhas, semelhante ao caso.

Foram presos apenas 3 suspeitos de terem assassinado o jovem, entre eles, o que teria lançado a pedrada que é bastante conhecido no mundo do crime como Ronaldo, também outro jovem foi preso conhecido apenas como Bob esponja. O amigo que acompanhava o jovem assassinato também foi detido.

Vale ressaltar que a delegacia local existem apenas três (03) policiais, contando com o delegado em uma cidade de mais de 5 mil habitantes. É importante destacar que o número de crimes e homicídios cresce de forma alarmante no município, além do crescimento de gangues e facções que preocupa bastante a população.

Delegacia de São João do Arraial

O crime causou revolta na população local da cidade, pois o mesmo era querido por muitos, mas tinha envolvimento com gangues e o motivo do assassinato teria ligação com acerto de contas.  Joaquim Lima de Sousa foi velado na sua própria residência e foi sepultado na tarde desta terça-feira, (08/11) em um cemitério da cidade.



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.