Ministro do Trabalho abre sindicância sobre denúncias

09/11/2011 às 10h55
5
Ministro do Trabalho, Carlos Lupi (foto) instaurou investigação sobre as denuncias de seu ministério. (foto; Web)

O ministro do Trabalho e Emprego decidiu instaurar uma sindicância investigativa para apurar as denúncias veiculadas pela revista Veja, informou o Diário Oficial desta terça-feira.

Ministro do Trabalho, Carlos Lupi (foto) instaurou investigação sobre as denuncias de seu ministério

Reportagem da revista Veja desta semana denunciou envolvimento de funcionários do ministério em suposto esquema de cobrança de propina de organizações não-governamentais (ONGs) conveniadas com a pasta.

Segundo o DO, o ministro designou para compor a comissão de sindicância os auditores-fiscais do Trabalho Fernando Antônio de Araújo Lima Júnior e Márcio Vinícius Dias Freitas e Luiz Antonio Penha, agente administrativo.

Foi fixado o prazo de 30 dias para a conclusão dos trabalhos, e o afastamento, cautelarmente, pelo prazo de apuração, do servidor Anderson Alexandre dos Santos.

A Comissão de Ética Pública da Presidência da República já havia determinado na última segunda-feira a abertura de procedimento preliminar pedindo informações ao ministro do Trabalho, Carlos Lupi.

Da redação,  com Reuters – de São Paulo



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.