Ministra Damares visita Floriano, no Piauí, para conhecer tratamento com cloroquina

Por: Da Redação
Publicado em 14/05/2020 às 09h03
917
(Foto: Prefeitura de Floriano)

No início da manhã desta quinta-feira, 14 de maio, a ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, desembarcou em Teresina. Acompanhada da advogada Rubenita Lessa, ela seguiu para a cidade de Floriano, onde vai conhecer a experiência com o uso da cloroquina no tratamento da Covid-19.

“O objetivo é salvar vidas. Vamos conhecer o protocolo, acompanhar o trabalho da equipe médica e daqui para o Brasil inteiro salvando vidas. Que Deus abençoe o Piauí”, disse a ministra em vídeo publicado nas redes sociais.

Damares chegou ao município de Floriano por volta de 8h30, onde terá reunião com o prefeito Joel Rodrigues, participará de videoconferência com a médica Marina Bucar Barjud, se reunirá com conselheiros tutelares, e por último visita o Hospital Regional Tibério Nunes.

Os tratamentos em Floriano têm chamado atenção da classe médica e do Palácio da Alvorada.

Há 20 dias, a Secretaria Municipal de Floriano está distribuindo kits de hidroxicloroquina e azitromicima para pacientes fazerem o tratamento em casa e, segundo a equipe médica do Hospital Regional Tibério Nunes, tem conseguido bons resultados.

O uso dos medicamentos de forma domiciliar só podem ser feitos com prescrição médica em pacientes com sintomas leves e com acompanhamento de equipes de saúde. Além dos medicamentos fornecidos pela secretaria municipal, o Hospital Tibério Nunes têm obtido êxito no tratamento de pacientes graves com o uso de corticoides.

Acompanham a ministra Damares na visita técnicos do Ministério da Saúde, como o secretário de Ciência, Tecnologia, Inovações e Insumos Estratégicos em Saúde, Antônio Carlos Campos de Carvalho, e a diretora do Departamento de Ciência e Tecnologia da pasta, Camile Sachetti.


*Com informações do Viagora



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.