Ministério Público vai investigar falta de transporte escolar em Esperantina

14/06/2019 às 14h01
1694

O Ministério Público instaurou procedimento investigatório para apurar a falta de transporte escolar em algumas escolas da zona rural do município de Esperantina-PI. A denúncia foi formulada recentemente pelo vereador Zé Claudio da Borracharia (PSB).

Na última segunda-feira (10/06), o Promotor de Justiça, Drº Adriano Fontenele Santos, determinou o envio de oficio para a prefeita do município, Vilma Amorim (PT), para que ela preste esclarecimentos sobre a falta de transporte escolar em algumas escolas. Ela vai ter o prazo de 10 dias úteis para se manifestar e apresentar sua defesa.

De acordo com o vereador Zé Claudio, há vários meses os alunos da Rede Pública Municipal de Ensino estão sendo prejudicados pela constante falta do transporte escolar na zona rural do município.

“Os motoristas de alguns veículos que transportam os alunos relatam que as estradas vicinais estão em péssimas condições de trafegabilidade, o que estaria ocasionando problemas mecânicos nos veículos e consequentemente a falta deles em alguns dias da semana”, disse o vereador Zé Claudio.

Ele falou ainda que os alunos das localidades: Liberato, Baixão do Pau D’arco, Barro, Junco, Jatobá, Gameleira, Banguês, Caraúbau e Patis são os mais prejudicados com as constantes falta de transporte escolar.


*Folha de Batalha



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.