Ministério da Saúde suspende fabricação de remédios distribuídos pelo SUS

17/07/2019 às 09h18
622
(Foto: Michel Filho / Agêcia O Globo)

Nas últimas três semanas o Ministério da Saúde rompeu contratos firmados com laboratórios de produção de remédios que eram distribuídos gratuitamente para a população.

São 19 medicamentos no total, que deixarão de ser entregues pelo Sistema Único de Saúde (SUS), segundo o jornal O Estado de S. Paulo.

Mais de 30 milhões de pacientes dependem desses tratamentos . Veja abaixo a lista dos remédios que terão distribuição gratuita interrompida.

Os laboratórios produtores são públicos e federais. Entre eles estão Biomanguinhos, Butantã, Bahiafarma, Tecpar, Farmanguinhos e Furp. Eles fabricam os remédios como parte de uma parceria com o ministério e fornecem os fármacos a preços 30% menores do que os do mercado.

O ministério informa que “vem realizando compras desses produtos por outros meios previstos na legislação” e que, portanto, a população não será afetada.

A pasta diz também que os laboratórios públicos podem apresentar “medidas para reestruturar o cronograma de ações e atividades”.

Veja aqui a lista dos remédios que terão distribuição interrompida:

Adalimumabe, Solução Injetável (40mg/0,8mL), produzido por TECPAR Adalimumabe, Solução Injetável (40mg/0,8mL), produzido por Butantan Bevacizumabe, Solução injetável (25mg/mL), produzido por TECPAR Etanercepte, Solução injetável (25mg; 50mg), produzido por TECPAR Everolimo, Comprimido (0,5mg; 0,75mg; 1mg), produzido por Farmanguinhos Gosserrelina, Implante Subcutâneo (3,6mg; 10,8mg), produzido por FURP Infliximabe, Pó para solução injetável frasco com 10mL (100mg), produzido por TECPAR Insulina (NPH e Regular), Suspensão injetável (100 UI/mL), produzido por FUNED Leuprorrelina, Pó para suspensão injetável (3,75mg; 11,25mg), produzido por FURP Rituximabe, Solução injetável frasco com 50mL (10mg/mL), produzido por TECPAR Sofosbuvir, Comprimido revestido (400mg), produzido por Farmanguinhos Trastuzumabe, Pó para solução injetável (150mg; 440mg), produzido por ButantanCabergolina, Comprimido (0,5mg), produzido por Bahiafarma Farmanguinhos Insulina (NPH e Regular), Suspensão injetável (100 UI/mL), produzido por Bahiafarma Pramipexol, Comprimido (0,125mg; 0,25mg; 1mg), produzido por Farmanguinhos Sevelâmer, Comprimido (800mg), produzido por Bahiafarma Farmanguinhos Trastuzumabe, Pó para solução injetável (150mg), produzido por TECPAR Vacina Tetraviral, Pó para solução injetável, produzido por Bio-manguinhos Alfataliglicerase, Pó para solução injetável (200 U), produzido por Bio-manguinhos.


*Com informações do O Globo



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.