Marllos faz duras criticas à Prefeitura de Esperantina pela falta de incentivo à cultura

Por: Kléber Oliveira
Publicado em 29/06/2011 às 00h05
5

Segundo informações, Marllos recebeu diversas reclamações da população pela não realização do festival junino do município.

O deputado federal Marllos Sampaio (PMDB) visitou no ultimo final de semana os municípios de Porto, Barras e Morro do Chapéu onde participou das festividades juninas apoiadas por suas respectivas prefeituras, é o que informa o site Gp1.

Já no município de Esperantina o parlamentar se deparou com diversas reclamações da população pela não realização do festival junino do município.

O corte de recursos para o evento desestruturou as quadrilhas Asa Branca e Retiro do Cigano que são as mais tradicionais da cidade e que todos os anos disputavam a etapa estadual do festival de quadrilhas.

Segundo o parlamentar, o prefeito Jânio Aguiar alegou que está transição no cargo, mas para Marllos isso não é justificativa para a não realização do evento. “Isso é lamentável, Esperantina não apresentou um projeto para a realização do festival nem no ano passado e nem esse ano. Conseguimos a liberação de recursos do Ministério do Turismo para Porto, Barras, Valença e Morro do Chapéu porque esses municípios apresentaram projetos, mas em Esperantina a prefeitura se omitiu, afastou os visitantes desse período e prejudicou as quadrilhas”, afirmou.

Marllos criticou ainda, a atual e a antiga gestão da prefeitura de Esperantina pelo o aumento da violência do município. “São muitos casos de assaltos e estupros, a juventude foi esquecida, está marginalizada em Esperantina. A omissão do prefeito e a inércia dos secretários estão causando o fim da cultura e também do esporte no município e determinando o aumento da violência”, lamentou.

Para tentar solucionar o problema das quadrilhas que estão prejudicadas pela falta de incentivo do município, o deputado Marllos está propondo para a “Asa Branca”, “Retiro do Sertão” e demais interessadas, a criação de uma única quadrilha para se tornar a maior do Piauí, a quadrilha “Cajuína” que disputará competições a partir do próximo ano. “O Estatuto do Cajuína Esporte Clube também permite o incentivo à cultura, vamos conversar com os interessados para formar esse novo grupo que já vai nascer com força para ganhar prêmios”, se entusiasmou o parlamentar que foi o mais bem votado para a Câmara Federal em Esperantina.



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.