Justiça determina fim eventos de campanha de dois candidatos a prefeito de Luzilândia

Por: Kléber Oliveira
Publicado em 30/10/2020 às 18h31
1327
(Foto: divulgacandcontas.tse.jus.b)

A Justiça da Comarca de Luzilândia, Norte do Piauí, determinou que sejam suspensos eventos de campanha eleitoral que possam gerar aglomerações de pessoas para dois candidatos à prefeitura da cidade: o atual prefeito Ronaldo Gomes (Solidariedade) e Fernanda Marques (PTB).

Além deles, há outros dois candidatos disputando a prefeitura de Luzilândia: Batista Azevedo (PSDB) e Chagas Dias (Cidadania). Nenhum dos dois foi citado na decisão.

A decisão, assinada nesta sexta-feira (30) determina que todas as reuniões sejam realizadas com limite máximo de 100 pessoas e observado as recomendações higienicossanitárias definidas no parecer técnico de 18 de outubro do Comitê de Operações Emergenciais do Governo do Piauí.

Além disso, determina que os candidatos Ronaldo Gomes e Fernanda se abstenham de incitar, organizar ou participar de eventos que causem aglomerações, como comícios, caminhadas e reuniões com grande número de pessoas.

Os dois candidatos estão sujeitos a multa de R$ 40 mil em caso de descumprimento, e que pode ser aumentada caso repitam o descumprimento. Eles ainda incorrem nos crimes de desobediência e de infração de medida sanitária preventiva.


*As informações do G1/PI



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.