Justiça condena a 24 anos homem que matou aposentada em Batalha

Francisco Marcelo Braz matou, com requintes de crueldade, a idosa Teodora Rodrigues, de 70 anos, em abril de 2017.

22/11/2018 às 13h47
1412

Em decisão dada na última terça-feira (20) pelo Tribunal do Júri da Comarca de Batalha, condenou o réu Francisco Marcelo Braz, à 24 anos de prisão pelo assassinato da aposentada Teodora Rodrigues, de 70 anos, crime ocorrido no dia 25 de abril de 2017 no município de Batalha, norte do Piauí.

Segundo a sentença, proferida pela juíza Lidiane Suely Marques Batista, “considerando a pena aplicada, o réu deverá permanecer preso em regime fechado, nos termos do art. 33, §2º, “a”, do Código Penal“.

O CRIME

A aposentada Teodora Rodrigues, de 70 anos, foi encontrada morta na tarde da terça-feira (25/04/2017) dentro de casa, com sinais de espancamento, município de Batalha.

Residência onde ocorreu o crime (Foto: Reprodução/Facebook)

Segundo a Polícia Militar, a idosa foi encontrada pelo próprio filho por volta das 14h30 em cima de uma cama, já sem vida e com as vestes rasgada. A idosa morava com o filho no bairro Formigueiro, próximo ao Cemitério São Gonçalo.

O autor do crime, segundo a polícia, foi o ex-presidiário Francisco Marcelo Braz. Ele teria sido visto por vizinhos saindo da residência onde ocorreu o crime. A polícia prendeu ele três dias depois do feminicídio. Inicialmente levantou-se a suspeita que a vítima havia sofrido abuso sexual, o que não ficou constatado posteriormente.



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.