Homem que vivia com menina de 13 anos é preso por estupro de vulnerável no Piauí

Por: Da Redação
Publicado em 29/07/2020 às 11h42
1577
Menina de 13 anos e homem de 32 anos viviam em condições insalubres nas margens da BR-343, em Altos — Foto: Polícia Militar

Um homem de 32 anos foi preso suspeito de estupro de vulnerável na cidade de Altos, nesta terça-feira (28). Segundo a Polícia Militar, o homem confessou que vivia há cerca de um ano com uma menina de apenas 13 anos de idade. Ele foi preso e levado para a Central de Flagrantes em Teresina.

Segundo o Conselho, o homem e a menina são de Campo Maior, e fizeram várias viagens depois que passaram a ser alvo da fiscalização dos conselheiros tutelares da cidade. Juntos, o homem e a menina passaram pelo município de Colônia do Gurgueia e por cidades da Bahia, antes de chegar em Altos.

No último sábado (25), o Conselho Tutelar de Altos foi acionado por profissionais do hospital da cidade. Os conselheiros foram até o local e encaminharam a criança até o Serviço de atenção as mulheres vítimas de violência sexual (Samvis), na Maternidade Evangelina rosa, para passar por exames periciais.

Os exames confirmaram a relação entre os dois, e o homem foi preso em flagrante na tarde desta terça-feira (28) pela Força Tática da PM de Altos. O homem vivia com a menina em uma casa nas margens da BR-316 em condições insalubres. Ele foi levado para a Central de Flagrantes de Teresina, e deve responder pelo crime de estupro de vulnerável.

Ainda segundo o Conselho Tutelar, a menina deve ser entregue provisoriamente a um familiar. A mãe da menina vive em Campo Maior em situação de vulnerabilidade. Ela será assistida por psicólogos e assistentes sociais e a Justiça deve decidir com quem ficará a guarda da menina de forma definitiva após o fim do inquérito policial.


*As informações são do G1/PI



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.