Garota de 17 anos, vítima de Castelo, morre após passar por três cirurgias

Por: Kléber Oliveira
Publicado em 07/06/2015 às 20h18
9

O Hospital de Urgência de Teresina confirmou na noite deste domingo (7) que a garota Daniely Rodrigues, 17 anos, uma das vítimas agredidas em Castelo do Piauí, morreu por volta das 17h30.

Danieley passou por três cirurgias e estava na UTI do Hospital. Ele teve esmagamento da face e complicações no tórax. Ela foi brutalmente agredida, estuprada e jogada de uma altura de 7m. O crime ocorreu no dia 27 de maio e desde então, ela lutava pela vida.

vitma-castelo

No HUT, ela chegou a fazer a reconstrução do rosto, mas teve complicação perdendo muito sangue. O diretor do HUT, Gilberto Albuquerque, fez uma campanha para a doação de sangue. O chamamento lotou o Hemopi.

Parentes que visitavam Daniely contaram, recentemente ao Cidadeverde.com, que antes dela piorar, a garota conseguia mexer no celular do pai e disse para ele: “pai vou com você comprar outro celular quando a gente sair daqui”. Durante o crime, o celular de Daniely foi destruído pelos criminosos.

O corpo de Daniely será liberado pelo HUT para ser velado na cidade de Castelo, a 190 km de Teresina.



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.