Fifa coloca 1 milhão de ingressos à venda para Copa; saiba como comprar

Por: Kléber Oliveira
Publicado em 21/08/2013 às 03h36
1

A Fifa inicia a pré-venda de ingressos para a Copa do Mundo de 2014 nesta terça-feira, às 7h (de Brasília), em meio a incertezas de como se portará o sistema com a grande demanda de acessos esperada no primeiro dia. A fase inicial, que terá cerca de 1 milhão de ingressos disponibilizado para o público geral, serve apenas como uma pré-reserva de ingressos. Caso o ingresso de determinada partida supere o número de entradas disponíveis, as entradas serão sorteadas para os interessados.

O processo de solicitação do ingresso é bastante semelhante ao procedimento adotado para a Copa das Confederações. A diferença desta vez é que o solicitante poderá pedir para os tickets serem entregues em casa – a retirada de entradas nos pontos especializados durante a Copa das Confederações foi bastante traumática e criticada por torcedores. Confira os principais aspectos da venda de ingressos para a Copa do Mundo:

INÍCIO DA COMPRA

O interessado em comprar ingressos para a Copa do Mundo de 2014 deve, primeiramente, entrar na página da Fifa direcionada para o comércio das entradas e fazer um cadastro no qual deve deixar dados pessoais como nome completo, endereço e CPF, além de criar uma senha pessoal para o site. Após o preenchimento, a pessoa diz se é do Brasil ou de outro país.

Terminado o primeiro passo, o solicitante já pode escolher o jogo no qual tem a intenção de assistir durante o Mundial. É apresentado no site um mapa do estádio, onde são especificadas as categorias e as opções que o torcedor tem de compra de ingressos.

DESCONTO

Na primeira fase de venda, serão direcionados 300 mil ingressos para brasileiros que terão desconto no pagamento das entradas. Na chamada “categoria quatro”, estão solicitantes idosos, estudantes ou que façam parte do bolsa-família. De acordo com a Fifa, o próprio site corrige se o usuário errar o preenchimento do desconto – por exemplo, errar a data de nascimento. A entidade, entretanto, se absteve de dizer como será a entrega e seleção para o bolsa-família.

“Dentro da categoria quatro, 50 mil ingressos irão diretamente para o governo, já que se referem ao bolsa-família. A seleção deles está na mão do governo, não com a Fifa. Foram um presente e o governo decide se vai para bolsa-família, índios, etc”, explicou Thierry Weil, diretor de marketing da Fifa.

RETIRADA DOS INGRESSOS

A novidade para a Copa do Mundo de 2014 é que o solicitante pode pedir para as entradas chegarem em sua casa – seja no Brasil ou em qualquer lugar do mundo. Os preços das entregas só serão comunicados quando o comprador souber que a compra foi bem-sucedida e variará dependendo da localidade. A Fifa afirmou que a opção de entrega em casa não está disponível nas Confederações porque os testes não haviam sido concluídos.

“É como enviar dinheiro pelo correio. Trabalhamos com empresas que fazem esse tipo de serviço, testamos e checamos. Haverá três tentativas de entrega e é importante dizer que não terá nenhum logo da Fifa no envelope. Fizemos reuniões e decidimos que é válido entregar, o cliente escolhe se quer retirar ou entregar”, disse Weil.

Há um detalhe importante: caso o torcedor compre quatro ingressos, mas um deles seja com desconto (estudante, idoso, bolsa-família, deficiente, obeso, etc), todos os quatro terão que ser retirados em um posto especializado da Fifa, já que é necessário apresentar documentos que provem que o desconto solicitado é condizente com a condição do solicitante. A pessoa que terá o desconto não precisa comparecer em pessoa, mas quem retira precisa levar a comprovação.

*Com informações do Terra


Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.