Famílias beneficiadas pelas casas populares passam por constrangimentos

07/11/2011 às 10h00
1

De acordo com informações, diversas famílias que foram cadastras durante a antiga administração municipal, e que deveriam ter construídas suas casas através de um convenio entre a prefeitura de Esperantina e a Caixa Econômica Federal, estão passando por um verdadeiro dilema.

É que apesar de terem assinado vários documentos na época, participado de muitas reuniões, essas famílias nunca tiveram suas casas construídas e para completar as famílias estão recebendo cobranças como se tivessem desfrutando das construções.

Segundo algumas pessoas que estão passando por esta situação, o prefeito Chico Antônio deverá acionar a gerência regional do banco na cidade de Piripiri ainda esta semana na tentativa de solucionar o problema.

Com informações de Márcio Linhares, Diário do Longá



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.