Em novo decreto, Wellington manda suspender serviços e comércio no Piauí

Por: Kléber Oliveira
Publicado em 23/03/2020 às 11h36
937

Com o objetivo de conter a contaminação, intensificar o isolamento social e preservar a população piauiense para combater o avanço do novo coronavírus (Covid-19), o governador Wellington Dias assinou, neste domingo (22), um decreto determinando a suspensão das atividades comerciais e de prestação de serviços no Piauí.

O texto vem para complementar o decreto nº 18.901, de 19 de março de 2020, que já determina as medidas excepcionais voltadas para o enfrentamento da grave crise de saúde pública decorrente do Covid-19.

Desta forma, a nova deliberação determina que a partir das 24 horas do dia 23 de março de 2020, sejam suspensas todas as atividades comerciais e de prestação de serviços, exceto os serviços essenciais especificados no texto.

Confira os serviços essenciais liberados no decreto:

I – mercearias, mercadinhos, mercados, supermercados, hipermercados,
padarias, lojas de conveniência e de produtos alimentícios;
II – farmácias, drogarias, produtos sanitários e de limpeza;
III – lavanderias;
IV – postos revendedores de combustíveis, distribuidoras de gás e borracharias;
V – hotéis, com atendimento exclusivo dos hóspedes;
VI – distribuidoras e transportadoras;
VII – serviços de segurança e vigilância.
VIII – serviços de alimentação preparada exclusivamente para sistema de
entrega;
IX – bancos, serviços financeiros e lotéricas.
X – serviços de telecomunicação, processamento de dados, call center e
imprensa

CONFIRA O DECRETO COMPLETO



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.