Comerciante é preso suspeito de estuprar criança no município de Batalha

O comerciante negou o crime ao ser preso. Ele está preso na delegacia de Batalha e aguarda uma vaga na Penitenciária de Esperantina para ser transferido.

Delegacia de Batalha (Foto: Reprodução)

Um comerciante de 58 anos, que não teve a identidade revelava, foi preso na manhã desta segunda-feira (5), suspeito de estuprar uma criança de apenas 7 anos no município de Batalha, ao norte do Piauí. Ele teria oferecido biscoitos em troca do ato sexual.

Segundo a investigação da polícia, o Delegado Denis Sampaio disse que a criança foi comprar um produto no estabelecimento, mas não tinha dinheiro suficiente, foi então que o comerciante teria oferecido os dois produtos para praticar abuso.  O caso aconteceu no dia 13 de janeiro. “A criança contou que não houve conjunção carnal, mas disse que houve atos libidinosos e por isso solicitamos o exame no Serviço de Atenção à Mulher Vítima de Violência Sexual (Samvvis) e ainda aguardamos o laudo“, disse o delegado.

Delegado Denis Sampaio (Foto: Kléber Oliveira/RevistaAZ)

O comerciante negou o crime ao ser preso. Ele está preso na delegacia de Batalha e aguarda uma vaga na Penitenciária de Esperantina para ser transferido.

O delegado informou que investigou se o comerciante abusou de outras crianças, mas foi descartado.



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.