Comerciante é condenado a 100 anos de prisão por estupro de crianças

Os estupros teriam sido praticados entre os anos de 2018 e 2019, no interior do estabelecimento comercial de Euclides na cidade de Dirceu Arcoverde, distante 561 Km de Teresina.

23/04/2019 às 12h09
301
(Foto: Reprodução GoogleMaps)

O juiz Carlos Alberto Bezerra Gomes, da 1ª Vara da Comarca de São Raimundo Nonato, condenou a 100 anos de prisão o comerciante Euclides Pereira. O empresário é acusado de estuprar três irmãos na cidade de Dirceu Arcoverde, distante 561 Km de Teresina.

Os estupros teriam sido praticados entre os anos de 2018 e 2019, no interior do estabelecimento comercial de Euclides.

Segundo a denúncia, o comerciante era vizinhos das vítimas e aliciava as crianças oferecendo bombons de chocolate, pedindo, ainda, que não contassem o que acontecia para outras pessoas.

Na época dos fatos, as vítimas possuíam idade entre 6 e 10 anos. Exames de Corpo de Delito demostraram fissuras nas crianças e constataram que os abusos sexuais teriam ocorrido várias vezes.

A sentença foi publicada no último dia 10 de abril. O juiz Carlos Alberto determinou a transferência de Euclides para a Penitenciária Gonçalo de Castro Lima (Vereda Grande), em Floriano-PI, onde deverá ser iniciada a execução da pena.

O juiz negou, ainda, ao condenado o direito de recorrer em liberdade.

*Com informações do CidadeVerde



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.