Com fim da greve dos bancários, Banco do Nordeste continua em greve em Esperantina

19/10/2011 às 11h32
2

De acordo com o gerente do Pronaf, Átalo, os aposentados e produtores rurais são prioridade.

Foi determinado, na noite desta segunda-feira, 17, o fim da greve dos bancários, em todo o Brasil. Durante assembleia realizada na noite desta segunda-feira (17/10) no Sindicato, no Centro de Teresina, os bancários foram unanimes em por um fim na greve que já durava 21 dias. A exceção foi o Banco do Nordeste, que segue com a paralisação devido a falta de acordo entre funcionários e direção.

No município de Esperantina, a agência do Banco do Nordeste situado na Rua Climatizada, no centro da cidade, está com alguns de seus atendimentos paralisados. De acordo com o gerente do Pronaf, o Sr. Átalo, são prioridade os aposentados para saques de seus benefícios e produtores rurais com débitos do Agroamigo e outros programas do gênero.

A redação da RevistaAz recebeu um chamado na manhã desta quinta-feira de um internauta por telefone, afirmando que idosos da zona rural estariam na frente do Banco do Nordeste e não teriam sido atendidos, a reportagem da RevistaAz foi averiguar e na oportunidade conversamos com o referido gerente do Pronaf.

Átalo destacou que, apenas os serviços de saques e depósitos de pessoas que não são aposentados estão suspensos devido a greve que terá previsão de normalização na próxima quinta-feira, (20), concluiu.

A Caixa, Banco do Brasil e os demais bancos particulares retomam suas atividades normais nesta terça-feira, 18. No acordo aceito pela categoria, os bancários deverão pagar os 21 dias de greve sem prejuízo financeiro. Os dias serão compensados através de hora extra, definida pelos servidores, sem imposição dos chefes, até o dia 15 de dezembro. Depois desta data, os bancários, cumprindo ou não o tempo de greve, ficará livre de qualquer obrigação.



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.