Cerveja pode ser melhor que paracetamol no alívio da dor, sugere pesquisa

Segundo novo estudo, o álcool reduz a intensidade da dor de forma mais efetiva que outros analgésicos

Por: Da Redação
Publicado em 23/06/2017 às 12h16
68
(Foto: Reprodução)

Foi por terra aquele ditado que diz “bebo para ficar mal, se fosse para ficar bem tomava remédio”. Pelo menos é o que indica uma revisão de estudos feita por pesquisadores da Universidade de Greenwich que foi publicada no Journal of Pain, dos Estados Unidos.

Segundo os estudiosos, duas doses (aproximadamente 500ml cada) de cerveja são mais eficazes no combate à dor do que analgésicos como paracetamol, por exemplo. Durante a análise de 18 estudos, foi descoberto que os drinks alcoólicos conseguem reduzir em 25% a dor. A explicação para essa redução ainda não está bem clara. Agora, os pesquisadores querem entender se o álcool age nos receptores do cérebro ou na redução dos níveis de ansiedade.



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.