Bolsonaro confirma a criação do Auxílio Brasil de R$ 400 e o fim do auxílio emergencial

Por: Kléber Oliveira
Publicado em 20/10/2021 às 15h04
1809

Em discurso durante a visita ao Ceará nesta quarta-feira (20.out), o presidente da República, Jair Bolsonaro (Sem Partido) confirmou o novo valor de R$ 400 para o Bolsa Família até o fim de 2022.

O presidente não detalhou como funcionará o novo pagamento de R$ 400 para o Bolsa Família que passará a se chamar Auxílio Brasil.

O aumento no valor pago na substituição do Bolsa Família pelo Auxílio Brasil é uma das estratégias eleitorais de Bolsonaro para recuperar a popularidade perdida na gestão da pandemia de Covid-19. 

Ontem nós decidimos, como está chegando ao fim o auxílio emergencial, dar uma majoração para o antigo programa Bolsa Família, agora chamado Auxilio Brasil, a R$ 400“, declarou o presidente.

É impossível que aqueles que mais necessitam, vivam com tão pouco. Temos a responsabilidade de fazer com que esses recursos venham do orçamento da União“, defendeu o presidente. Ele reforça ainda que a medida não irá ultrapassar o teto de gastos públicos. “Ninguém vai furar teto, nem fazer estripulia no Orçamento, mas seria extremamente injusto deixar milhões de pessoas com valor tão pouco no Bolsa Família”, afirmou.

Quando começa o pagamento do Bolsa Família de R$ 400?

Bolsonaro não detalhou qual o cronograma de implementação do novo valor do Bolsa Família. Porém, o auxílio emergencial 2021 encerra no dia 29 de outubro para inscritos no programa social. Dessa forma, a base de apoio do presidente precisa viabilizar o início do pagamento do novo valor já para o mês de novembro.

Mesmo diante do impasse para aprovação do Auxílio Brasil, o Ministério da Cidadania reforça nas publicações oficiais sobre o auxílio que após o fim do repasse emergencial, se dará início a liberação do Auxílio Brasil no lugar do pagamento do Bolsa Família.



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.