Assembleia aprova propostas que beneficiam engenheiros e jornalistas

Por: Kléber Oliveira
Publicado em 13/05/2015 às 22h01
0

Themístocles Filho quer a criação do quadro de jornalistas do Estado

themistocles-filhoA Assembleia Legislativa aprovou, hoje (13), Indicativos de Projetos de Lei dos deputados Themístocles Filho (PMDB), presidente do Poder, e Rubem Martins (PSB) que beneficiam os jornalistas, engenheiros, arquitetos e geólogos do Piauí. Themístocles Filho quer a criação do quadro de jornalistas do Estado, enquanto Rubem Martins pede melhoria salarial para as outras categorias que poderão ter um piso de R$ 4,7 mil.

Ao falar sobre sua proposição, Rubem Martins disse que o Indicativo de Projeto de Lei corrige uma injustiça praticada com 58 profissionais da área de engenharia que ganham salários baixos no serviço público estadual. “Hoje, é dificil encontrar um engenheiro para trabalhar para o Governo porque essa categoria ganha pouco”, declarou o parlamentar.

A Assembleia aprovou ainda a Proposta de Emenda Constitucional 04/2015 do deputado João de Deus (PT), líder do Governo, que muda de primeiro de janeiro para primeiro de maio deste ano a data em que entra em vigor o novo teto remuneratório dos delegados, auditores fiscais, procuradores e controladores do Estado. Também, foi aprovado Projeto de Lei da deputada flora Izabel (PT) que trata da divulgação do disque-denúncia nacional de violência contra a mulher (180). Foi aprovado Projeto de Lei do deputado Francisco Limma (PT) criando o Dia Estadual das Quebradeiras de Coco.

TÍTULOS – Três Projetos de Decreto Legislativo apresentados pelos deputados João Madison (PMDB), Dr. Pessoa (PSD) e Zé Santana (PMDB) que concedem, respectivamente, títulos de cidadania piauiense à delegada Daniela Barros, ao advogado Jurandyr Porto e ao cantor Nivaldo Expedito de Carvalho, o Cambinho do Acordeon, foram aprovados na sessão de hoje.

Após a chamada dos 18 parlamentares presentes à sessão para a votação secreta, os deputados João Madison, Juliana Moraes Souza (PMDB) e Liziê Coelho (PTB) contaram 17 votos a favor da concessão dos títulos e um voto em branco.

*Ascom


Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.