Prefeito Firmino Filho confirma duas mortes por coronavírus em Teresina

Por: Kléber Oliveira
Publicado em 29/03/2020 às 20h39
1074

O prefeito Firmino Filho confirmou no Twitter, no início da noite deste domingo (29/03), que foram registradas as duas primeiras mortes por coronavírus na capital.

“Lamento profundamente informar que aconteceram os dois primeiros óbitos por Covid-19, em Teresina. Essa é uma informação que é muito sofrida de dar e que, mesmo sabendo que poderia acontecer, não deixa de nos causar muita tristeza”, publicou o prefeito.

Ele ainda reforçou o apelo à população para que permaneçam em casa, adotando medidas de isolamento e distanciamento social, a fim de evitar a propagação do vírus.

“Aos teresinenses, meu apelo mais forte que nunca: fiquem em casa! Essas duas próximas semanas são decisivas para o enfrentamento da pandemia em Teresina”, completou.

As vítimas, um casal, tinham mais de 70 anos. Sem histórico de viagem, mas com contato com infectado sintomático, os dois tinham hipertensão arterial e diabetes mellitus. Um deles também tinha pneumopatia crônica.

“Quero lembrar que, apesar das primeiras vítimas fatais da nossa cidade serem idosos, segundo dados do Ministério da Saúde, praticamente a metade dos pacientes que estão em estado grave no país tem uma média de idade abaixo de 50 anos”, afirma Firmino.

Boletim epidemiológico

De acordo com o boletim divulgado pela Fundação Municipal de Saúde, 14 casos de coronavírus já foram confirmados em Teresina. Das 341 notificações, 159 foram descartadas após realização de exames.

Outros 168 casos estão em investigação.

Com os óbitos registrados na capital, sobe para três o número de mortes causadas por coronavírus no Piauí. A primeira vítima foi o prefeito Antônio Felícia, de São José do Divino, que morreu na madrugada de sexta-feira (27).

Em nota, a prefeitura de Teresina ressaltou que vem adotando um conjunto de medidas para evitar a contaminação em massa pelo novo conoravírus, e que permanece em vigor o decreto que determina o fechamento de estabelecimentos comerciais na capital, exceto os que prestam serviços essenciais de abastecimento de comida e bebida e também os de saúde

“Diariamente o prefeito se reúne com gestores públicos e especialistas para avaliar a situação da capital. Alguns locais já foram visitados e que poderão ser alocados como hospitais de campanha, ou seja, para o atendimento dos pacientes vítimas da doença. Além disso, o Hospital do Monte Castelo foi destinado para ser referência para o tratamento”, completa a nota.

Casos no Piauí

Até a última atualização desta matéria, a Secretaria Estadual de Saúde ainda não havia divulgado o boletim epidemiológico deste domingo.

Até ontem, o estado tinha 199 casos suspeitos de Covid-19, aguardando realização de exame.

Mais cedo, o boletim divulgado pelo Ministério da Saúde informava 14 casos de coronavírus no Piauí.


Fonte: 180graus



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.