Padrasto é preso acusado de espancar enteado de 1 ano e 9 meses

Caso aconteceu no município de Timon, no Maranhão; criança foi atingida com socos e pontapés; criminoso confessou o crime;

(Foto: Divulgação/Polícia Militar)

Nesta quarta-feira (08/11), policiais da cidade de Timon realizaram a prisão de um homem identificado como José Hilton Santos Conceição, mais conhecido como ‘Lê’, acusado de espancar brutalmente seu enteado de apenas 1 ano e nove meses.

O crime aconteceu na última terça-feira na residência do acusado que vive junto com a esposa e o enteado, no bairro Cidade Nova. A criança foi atingida com socos e pontapés.

Segundo informações, o bebê foi levado para atendimento médico na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) de Timon pela sua mãe, que ao ser indagada sobre o que tinha acontecido afirmou que a criança tinha caído na tentativa de proteger o marido, mas devido o estado do bebê os enfermeiros não acreditaram na versão apresentada pela mulher e continuaram com questionamentos. Pressionada, a mãe da criança resolveu contar a verdade.

Devido a gravidade, a criança foi imediatamente transferida para o HUT onde o mesmo se encontra-se numa das UTI’s com traumatismo craniano e coágulo no cérebro. A Delegacia Regional de Homicídios, foi imediatamente comunicada e iniciou as diligências para prender o padrasto, obtendo êxito na rua 19 do Bairro Cidade Nova II. O acusado já tem várias passagens pela polícia e é foragido da Justiça por ter rompido a tornozeleira.

(Com informações do Cozinhando Galo)



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.