Governo decreta emergência em mais 62 municípios do Piauí

Municípios enfrentam problemas por conta da estiagem

(Foto: Reprodução)

O governador Wellington Dias (PT) reconheceu na terça-feira, 08 de agosto, situação de emergência em mais 62 municípios piauienses. O decreto reitera as dificuldades enfrentadas pelos entes com a estiagem, de modo que as chuvas ocorridas nos últimos meses não foram suficientes para abastecer os principais reservatórios, sendo que alguns operam com menos de 25% da capacidade; além do que foi levado em conta também os prejuízos da agricultura com a escassez de água, resultando em perdas superiores a 50% da produção.

O alto índice de cidades atingidas pela seca no Piauí é histórico, na linha traçada através dos decretos de emergência emitidos, em 2015 foram 211 municípios atingidos, em 2014 o número chegou a 204. A série de dificuldades continua sendo registrada nos períodos anteriores, no ano de 2013 a estiagem afetou 212 municípios, índice similar ao alcançado em 2012 quando foram 194. Para minimizar a situação constatada na região, principalmente no semiárido, o Governo aposta em ações especiais, como a construção de adutoras e barragens, além da Operação Carro-Pipa, que nutre um caráter excepcional no abastecimento imediato das comunidades.

No Piauí, muitos prefeitos e autoridades municipais tem pedido ajuda para o atendimento com água potável para consumo humano e animal, cestas básicas e forragem. Com a publicação oficial, o decreto passa a ter validade pelo prazo de 180 dias. Os municípios abarcados pelo novo ato são: Acauã, Alagoinha do Piauí, Alegrete do Piauí, Belém do Piauí, Betânia do Piauí, Bocaina, Bonfim do Piauí, Caldeirão Grande do Piauí, Campo Alegre do Fidalgo, Campo Grande do Piauí, Canto do Buriti, Capitão Gervásio de Oliveira, Caridade do Piauí, Colônia do Piauí, Coronel José Dias, Corrente, Cristalândia, Curral Novo, Dirceu Arcoverde, Dom Inocêncio, Fartura do Piauí, Flores do Piauí, Francisco Macedo, Francisco Santos, Fronteiras, Geminiano, Guaribas, Isaías Coelho, Jaicós, Jurema, Lagoa do Barro do Piauí, Lagoa do São Francisco, Marcolândia, Massapê do Piauí, Morro Cabeça no Tempo, Nova Santa Rita, Oeiras, Padre Marcos, Paes Landim, Pajeú, Paquetá, Pio IX, Queimada Nova, Ribeira do Piauí, Santa Cruz do Lisboa, Santo Antônio de Lisboa, São Braz do Piauí, São Francisco de Assis do Piauí, São João do Canabrava, São João da Varjota, São José do Piauí, São Julião, São Lourenço do Piauí, São Luís do Piauí, São Raimundo Nonato, Sebastião Barros, Simões, Socorro do Piauí, Tamboril do Piauí, Várzea Branca, Vila Nova do Piauí.

(com Jornal MN)



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.