Detentos fazem rebelião na penitenciária de Esperantina

Agentes penitenciários e a polícia militar estão tentando conter a situação. Há feridos

Detentos da Penitenciária Regional Luiz Gonzaga Rebelo em Esperantina, norte do Piauí, iniciaram uma rebelião na tarde desta sexta-feira (06). A confusão começou durante uma briga que aconteceu ainda pela manhã e se transformou num motim.

Policiais Militares e agentes penitenciários estão tentando controlar a rebelião. Os detentos conseguiram acesso ao teto do presídio, onde só agentes penitenciários podem circular. Eles estão destruindo a estrutura da unidade e houve até confrontou com tiros com a polícia.

(Foto: Kléber Oliveira)
FERIDOS

Durante a confusão pela manhã, três detentos ficaram feridos. A briga começou no pavilhão D. Os feridos foram levados para o setor de urgências do Hospital Estadual Dr. Júlio Hartman. Um deles teve que ser transferido para Teresina devido a gravidade dos ferimentos causados por objetos pontiagudos, possivelmente confeccionados de vergalhões retirados da estrutura da unidade prisional.

(Foto: Divulgação)
CONFRONTO ENTRE FACÇÕES

Há informações que facções estão em confronto dentro dos pavilhões. Os presos do pavilhão C teriam invadido o pavilhão D para se confrontarem.

FAMILIARES DOS PRESOS

No local há uma intensa movimentação dos familiares dos detentos que estão sem notícias dos seus parentes.

(Foto: Kléber Oliveira)
REIVINDICAÇÕES

Na parte do teto, onde os detentos conseguiram acesso, alguns deles estenderam faixas escritas com as palavras liberdade e paz.



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.