Câmara solicita ao governador interdição do presídio de Esperantina

Parlamentares requereram ao executivo estadual garantia de condições de funcionamento da unidade prisional, após rebelião seguido de fuga de presos

970
(Foto: Kléber Oliveira)

Os vereadores de Esperantina assinaram um requerimento na sessão ordinária realizada nesta sexta-feira (6), solicitando ao Governador Wellington Dias, a intervenção imediata da Penitenciária Regional Luiz Gonzaga Rebelo.

Ao RevistaAZ.com.br, o presidente da Câmara, o vereador Manoel Filho (PT) disse que a referida unidade prisional vem ao longo dos anos causando transtorno para a comunidade. O parlamentar disse que é recorrente em casos de rebeliões e motins, a fuga de presos e mortes em suas dependências. “A população vive amedrontada por causa dessa penitenciária e nós parlamentares pedimos que o governador desative o presídio até garantir melhor condição de funcionamento“, disse.

O documento afirma a necessidade imediata de intervenção, sobretudo, pela atual situação do presídio chegou em seu limite de funcionalidade com uma rebelião de grandes proporções ocorrida nesta sexta-feira (6), com fuga em massa que aterrorizou Esperantina e região. Os parlamentarem pedem que a unidade prisional só possa ser reativada após o estado garantir melhores condições de funcionamento para o fim que se destina, como sendo de segurança máxima.

Leia mais:


Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.