Bolsonaro nomeará indicados para cargos federais no Piauí

Os nomes indicados para os cargos são de autoria dos parlamentares do Piauí no Congresso que estão alinhados com as políticas do governo do presidente.

23/04/2019 às 12h20
643
(Foto: Divulgação)

Os parlamentares que representam o Piauí no Congresso Nacional já definiram suas indicações para cargos federais a serem ocupados no estado. O deputado federal Átila Lira (PSB), líder da bancada piauiense, já entregou a lista com as sugestões dos senadores e deputados ao ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

Senado

Dos três senadores, apenas Marcelo Castro (MDB) não deve ter direito à indicação por ser declaradamente, desde o início de sua campanha, oposição ao governo de Jair Bolsonaro. Ciro Nogueira (Progressistas) pode indicar a permanência de Inaldo Guerra para a Codevasf e Elmano Férrer (Podemos) pode indicar Ribamar Bastos para permanecer no comando do Dnit.

Câmara

Na Câmara, o deputado Átila Lira deve indicar José Raimundo Costa para a Funasa, Iracema Portella (Progressistas) indicando Djalma Policarpo para o Dnocs, Júlio César (PSD) indicando o ex-vereador Thiago Vasconcelos para o Incra e a deputada Marina Santos (Solidariedade) indicando Marcos Vinícius para a Superintendência da Agricultura.

Marcos Aurélio Sampaio (MDB) deverá indicar um nome para o DNPM e Margarete Coelho (Progressistas) deverá indicar um nome para a Conab. O deputado Flávio Nogueira (PDT) poderá indicar um nome para o INSS, porém a indicação do parlamentar ainda é uma dúvida, visto que seu partido declarou-se formalmente como oposição a Bolsonaro. A indicação de Flávio dependerá de seu posicionamento acerca da reforma da Previdência.

Os deputados Merlong Solano (PT), suplente de Fábio Abreu (PR) que está na Secretaria de Segurança Pública do Piauí, Assis Carvalho (PT) e Rejane Dias (PT) não devem indicar nomes para cargos, por estarem na bancada de oposição ao governo Bolsonaro.

*Com informações do Viagora



Este espaço visa ampliar o debate sobre o assunto abordado na notícia, democrática e respeitosamente. Para utilizá-lo, você deve estar logado no Facebook. Não serão aceitos comentários anônimos nem que firam leis e princípios éticos e morais ou que promovam atividades ilícitas. Assim, comentários caluniosos, difamatórios, preconceituosos, ofensivos, agressivos etc. serão excluídos pelos moderadores do site.